Giro de estoque: como usar a Black Friday para vender produtos encalhados

Giro de estoque: como usar a Black Friday para vender produtos encalhados

Giro de estoque: como usar a Black Friday para vender produtos encalhados

Digiqole ad

A Black Friday é uma ótima oportunidade de renovar o estoque. Sem dúvida, todo lojista tem um estoque cheio de um produto que encalhou e não vende de jeito nenhum.

Então, aqui estão dicas para você se livrar deste estoque incômodo no e-commerce.

Estoque parado é dinheiro parado

Tenho uma má notícia para te dar: você já perdeu o dinheiro desse estoque. Sendo assim, um produto que não vende é um dinheiro completamente perdido. Cabe a você criar estratégias para recuperá-lo.

Por sorte, a data mais esperada do e-commerce está cada vez mais próxima para te ajudar.

Então, devemos aceitar a ideia de que o dinheiro gasto com esses produtos encalhados já está perdido. Desapegue de preços e faça esse dinheiro girar a seu favor!

Como vender produtos encalhados na Black Friday

Promoções a preço de custo

Como disse anteriormente, o dinheiro investido nesses produtos está parado. Se você não conseguir vendê-los, ele estará, definitivamente, perdido.

Uma excelente opção é criar promoções e vendê-los por preço de custo, ou bem abaixo do valor que venderia para ter lucro. Dessa forma, o produto fica mais atrativo para a venda.

Entretanto, é claro que o lucro não será o mesmo. Contrapartida: você terá mais dinheiro em caixa para investir em produtos que, de fato, tenham saída em sua loja virtual.

Lembre-se que na Black Friday os consumidores são verdadeiros caçadores de preço baixo.

Kit de produtos

Por outro lado, uma maneira de vender esses produtos é criando kits de produtos.

Essa estratégia funciona o ano inteiro. Porém, especialmente na Black Friday, os consumidores estão em busca de vantagens a qualquer custo.

Logo, procure inserir esse produto encalhado em kits com produtos que tenham um bom giro de estoque. Mas, lembre-se: esse produto não deve encarecer muito o kit. Caso isso aconteça, não trará resultados.

Outro ponto importante: é essencial que os produtos estejam relacionados. Se você criar kits com produtos que não possuem nada em comum, não fará sentido para quem compra.

Imagine que o produto em questão é bola de tênis. Contrapartida: o produto que mais vende na loja são chuteiras. Vale a pena criar kits de produtos relacionando dois esportes completamente diferentes? Com certeza não.

Atente-se a isso!

Estratégia de compre junto

O compre junto vai depender também de sua plataforma de e-commerce.

Caso sua plataforma disponibilize este recurso, ele será um divisor de águas para essa e outras estratégias.

O papel do Compre Junto em sua loja virtual é sugerir que o cliente que está levando o produto X, leve também o produto Y. Geralmente, a estratégia está aliada à alguma vantagem. Por exemplo: comprando os dois, o cliente pode ganhar frete grátis, desconto ou parcelamento sem juros.

Além de oferecer o produto encalhado com vantagens, de quebra, você também aumentará o ticket médio da loja.

Em último caso: brindes

Você já tentou de tudo e esses produtos de fato não vendem? Se o preço de custo dele for baixo, vale a pena presentear seus clientes como brinde.

Como dissemos anteriormente, esse dinheiro já está perdido. Como, neste caso, ele é impossível de se recuperar, aproveite para investir na experiência de compra de sua cliente e surpreendê-lo.

Mesmo que você “perca” esses produtos de baixo custo, é mais espaço no seu estoque e menos um problema para se preocupar.

Entretanto, isso só vale para produtos de custo muito baixo. Caso contrário, insista nas estratégias anteriores, sempre alinhando ao marketing, e faça com que esse produto venda!

Cuidado com a compra de produtos sem saída

Contando que você seguirá todas as dicas e venderá todo esse estoque de produtos encalhados na Black Friday 2020, tenho outra dica primordial.

Muito cuidado ao investir em produtos como tiro no escuro. Pesquise o mercado deste produto, se faz sentido com sua loja e se terá aderência com seu público.

De fato, um produto novo pode alavancar seu negócio, ou fazer com que sua empresa perca muito dinheiro.

Sendo assim, não se mexe em time que está ganhando. A não ser que seja para colocar um camisa 10, muito bem treinado e entrosado com o time.

 

Fonte: E-commerce Brasil

Ponto Varejista

O Ponto do Varejista é um portal especialista em compartilhar conteúdos ricos sobre o futuro do varejo. Nosso objetivo é ajudar a rede de varejistas e seus fornecedores a serem mais rentáveis, sustentáveis e protagonistas de seus negócios. Inovação, gestão estratégica e melhores práticas no varejo fazem parte das nossas publicações diárias.

Posts relacionados

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *